sábado, 30 de agosto de 2008

O berimbau já tocava no Bixiga há mais de 100 anos


Nosso Zungu está localizado na Bela Vista, nas margens do Bixiga. Região histórica de presença negra em São Paulo. Perto da tradicional e querida Vai-Vai. Próximo de outros capoeiristas. Colado a uma região que já abrigou o Quilombo da Saracura (para quem não sabe, onde hoje corre a Avenida 9 de Julho, corria o Riacho da Saracura).
A ancestralidade negra da região está mais do que provada.
Em mais uma pesquisa, encontramos no jornal CORREIO PAULISTANO, de 1907, uma matéria que alguns trechos vamos reproduzir:

"É um pedaço da África. As relíquias da pobre raça impellida pela civilização cosmopolita que invadiu a cidade, ao depois de 88, foi dar alli naquela furna. Uma linha de casebres borda as margens do riacho. O valle é fundo e estreito...
... Cabras soltas na estrada, pretinhos semi-nus fazendo gaiolas, chibarros de longa barba ao pé dos velhos de carapinha embranquecida e lábio grosso de que pende o cachimbo, dão áquelle recanto uns ares do Congo. Alli pae Antonio, cujas mandingas celebram os supersticiosos de Pinheiros, de Santo Amaro, da várzea e até do Tabôa, pratica os seus mysterios e tange o urucungo, apoiando ao ventre rugoso e despido a cabaça resonanta. As casas são pequenas; as portas baixas...
... os que vieram nos navios negreiros, que plantaram o café, que cevaram este solo de suor e lágrimas, accumulados alli, como o rebutalho da cidade, no fundo lobrego de um valle."

Sim, em 1907, um senhor mandingueiro (de acordo com o texto, um feiticeiro poderoso) já tocava seu berimbau (urucungo) pertinho da gente. Provavelmente em um outro zungu, ancestral ao nosso.

3 comentários:

Antonio Carlos disse...

muito boa a matéria!!! Parabéns mais uma vez Cabeleira pelas pesquisas... professor Cacá

Malcolm Hapy disse...

Muito interessante assistir exibição de força, habilidade, agilidade, ginga, malícia, flexibilidade, saúde, coragem dos Esportistas cheios de energia. Tenho 60 anos e curto muito apreciar as exibições de todas as modalidades de jongos, lutas e esportes marciais. Gostei muito do Site. Congratulações.

Malcolm Hapy disse...

Muito interessante assistir exibição de força, habilidade, agilidade, ginga, malícia, flexibilidade, saúde, coragem dos Esportistas cheios de energia. Tenho 60 anos e curto muito apreciar as exibições de todas as modalidades de jongos, lutas e esportes marciais. Gostei muito do Site. Congratulações.